. Saudades Eternas .

Atualizado: Mar 9

Já perdi muito. Já ganhei sem merecer. Já me deixaram. Já me acharam perdida por ai. Sinto falta de risadas, abraços e pessoas que nunca vi. Sinto falta de conversas demoradas. Da breja gelada no bar de esquina. Da falta de assunto e olhares cúmplices. Já fui e deixei ir. Já partilhei e deixei comungar. Já fui vela e oração. Já perdi pedaços de meu coração. Sinto por não ter dito. Sinto por dizer aquilo que penso. Da verdade que quis dizer e nunca disse. Da mentira que contei pra nos livrar. São tantas histórias que eu precisaria de uma imensidão de livros para conta-las. São tantas marcas e tantas coisas que ficaram num passado que a falta é quase sempre. Uma presente ausência uma falta de tudo, uma falta de compreensão. Quero tudo de volta quero tudo agora. E ao mesmo tempo não quero nada. Sinto por não saber dizer adeus. Sinto por eu sempre querer mudar. Da falta de paciência. Da vontade de nunca mais sentir saudades .. Saudades eternas das minhas joias espalhadas por ai.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Infortúnios

Eu rezei pra morrer. Pera ai! Quem reza pra morrer? Tanta gente rezando pra curar o câncer, pra viver mais um bocadinho, e eu rezando pra morrer. Que porra de vida escrota! E forcei a levantar da ca

Oração à Insonia

Roga-me ó mãe dos desavisados. Rega-me o peito ó mãe celeste. Rogai por nós ó Deus da multidão. Regozija de plena mansidão. Reveste me de insanidade. Rega-me de poesia e o palavrão. Roga junto de mim

Doença

Eu tenho uma doença Essa doença é escrever. Enquanto não escrevo Eu não tenho paz. Não durmo. Não como. Não tenho sossego Enquanto não escrevo. Não há cura E nem remédio Não há solução Senão escreve

face.png
insta.png
ttr.png

Raiva Sacra... Uma Mulher e dois Olhos de Trovão.