Renúncia.

Atualizado: Jan 28

Eu sou o problema.

Assumo. Afirmo.

A renúncia.

A tortura.

Sou a curva fatal.

Eu sou o erro.

Errada. Errante.

A pressa.

A pedra no meio do caminho.

Sou a angústia.

Eu sou o destino certo.

O acaso não há.

A solidão.

A maldição.

Sou a gripe sem antibiótico.

Eu sou a perda.

Perdição. Perdida.

O orgulho.

O medo.

Sou o até nunca mais.


Fui onde não vais.

Sou de quem não és.

Conheço o que ainda vais conhecer.

E assim vou.

E assim já fui.

Fui… Parti… Partiu!


[Poesia inspirada na Obra de Fernando Sabino, O Encontro Marcado.]


0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Infortúnios

Eu rezei pra morrer. Pera ai! Quem reza pra morrer? Tanta gente rezando pra curar o câncer, pra viver mais um bocadinho, e eu rezando pra morrer. Que porra de vida escrota! E forcei a levantar da ca

Oração à Insonia

Roga-me ó mãe dos desavisados. Rega-me o peito ó mãe celeste. Rogai por nós ó Deus da multidão. Regozija de plena mansidão. Reveste me de insanidade. Rega-me de poesia e o palavrão. Roga junto de mim

Doença

Eu tenho uma doença Essa doença é escrever. Enquanto não escrevo Eu não tenho paz. Não durmo. Não como. Não tenho sossego Enquanto não escrevo. Não há cura E nem remédio Não há solução Senão escreve

face.png
insta.png
ttr.png

Raiva Sacra... Uma Mulher e dois Olhos de Trovão.