Poesia oral

Atualizado: 28 de Jan de 2020

Lançou-me contra teu corpo

E me apertou

Despindo-me do pudor

Beijou meus seios

Lábios e língua

Descendo, 

Provocou-me suspiros

Lambendo,

Docemente desvendou meu sexo

Como quem descobria um paraíso

E numa busca lancinante

Encontrou mel

Saboreando com dentes e língua

Retirou de mim gemidos

Alucinada de prazer

Entre chão e parede

Me atirei

E gozei. 


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Fonte