Meu Deus, Meu Deus, Por que me Abandonastes?

Atualizado: 28 de Jan de 2020

Morreu brutalmente espancada numa rua. Morreu com quatro tiros à queima roupa. Morreu com uma bala perdida nas favelas do Rio. Morreu a machadadas pelo vizinho. Morreu de fome e pela extrema miséria. Morreu de frio nas ruas de São Paulo. Morreu de overdose, pois o vício era uma saída para seus problemas e aflições. Morreu por não aguentar mais a dor, o medo e a solidão e tirou a própria vida.

Morreu mais um Nazareno. Vítima de um sistema que persegue, tortura, silencia, adoece e mata.

Jesus morre toda vez que fingimos que não é com a gente. Jesus morre toda vez que a fé cristã é hipócrita pregando a Palavra e não vivendo-a. Jesus morre toda vez que não acolhemos nossos iguais. Jesus morre toda vez que diminuímos a dor do outro. Jesus morre sempre que pensamos em punição, vingança e morte aos que violam leis. Jesus morre toda vez que na Sexta da Paixão nos comovemos com sua crucificação, mas somos incapazes de parar de crucificar tantos irmãos e irmãs.

Hoje, Jesus foi condenado a morte mais uma vez e você gritou: "Crucifica-o!".



9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Magdala

Fonte

face.png
insta.png
ttr.png

Raiva Sacra... Uma Mulher e dois Olhos de Trovão.

Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer arte, desenho ou texto dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor ou editor, exceto pelo uso de citações breves em uma resenha ou com os devidos créditos. O conteúdo deste site é pessoal, qualquer interesse de uso ou parceria, entrar em contato com a autora pelo e-mail: bi.ortega.f@gmail.com