Fonte

"Conecto-me à fonte e me regenero."


Eu sou a fonte infinita do meu desejo

Sou a fonte inesgotável do meu ser.

Habito-me resplandecente de luz

Sou a voz do Divino.


Me reconheço mais no meu não, que no meu sim

Sou a própria faísca do que será de mim.

Aquilo que eu fui e hoje aquilo que eu sou

E aquilo que eu era já se foi.


Sou o eco da minha mente

Sou meu inconsciente

As vésperas do meu novo ser

Eu canto a vida e ao renascer.






















"eu sou, eu fui e eu vou."


Conecto-me a minha fonte e me regenero no que realmente sou.


118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Magdala

face.png
insta.png
ttr.png

Raiva Sacra... Uma Mulher e dois Olhos de Trovão.

Todos os direitos reservados. Este site ou qualquer arte, desenho ou texto dele não pode ser reproduzido ou usado de forma alguma sem autorização expressa, por escrito, do autor ou editor, exceto pelo uso de citações breves em uma resenha ou com os devidos créditos. O conteúdo deste site é pessoal, qualquer interesse de uso ou parceria, entrar em contato com a autora pelo e-mail: bi.ortega.f@gmail.com