Ela Acreditava em Anjos

Atualizado: Mar 9

Eu conheci uma menina que acreditava em anjos. Ela fechava os olhos e os enxergava. Ela falava com eles a todo tempo. Eu nunca os vi, mas ela sempre me dizia: “Eles estão aqui!” Olha como o céu está cheio de alegria! Ela me dizia. Olha quanta magia cabe na palma de nossas mãos! Ela insistia. Olha como bate forte nossos corações juntos! Ela vivia.

A guria me explicava com toda doçura como eram os anjos.

Me dizia sem muitas palavras complicadas suas graças.

Ela parecia voar com o vento quando falava deles.

Seus olhos viam além, muita além do que os meus.

Com o passar do tempo junto daquela guria, fui entendendo seu pequeno mundo.

Fui compreendendo como cabia tanta inocência em uma guria só.

Fui começando a enxerga-los também.

Até me pego falando com eles.

Entendi então que sempre vi anjos.

Sempre os tive por perto.

Mas precisou aquela guria entrar na minha vida para reconhece-los.

Precisei conhece-la, ama-la, para chama de meu anjo, minha amada.

Os anjos só existiam por causa dela.

Para que ela pudesse acreditar.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Infortúnios

Eu rezei pra morrer. Pera ai! Quem reza pra morrer? Tanta gente rezando pra curar o câncer, pra viver mais um bocadinho, e eu rezando pra morrer. Que porra de vida escrota! E forcei a levantar da ca

Oração à Insonia

Roga-me ó mãe dos desavisados. Rega-me o peito ó mãe celeste. Rogai por nós ó Deus da multidão. Regozija de plena mansidão. Reveste me de insanidade. Rega-me de poesia e o palavrão. Roga junto de mim

Doença

Eu tenho uma doença Essa doença é escrever. Enquanto não escrevo Eu não tenho paz. Não durmo. Não como. Não tenho sossego Enquanto não escrevo. Não há cura E nem remédio Não há solução Senão escreve

face.png
insta.png
ttr.png

Raiva Sacra... Uma Mulher e dois Olhos de Trovão.